quarta-feira, 30 de maio de 2012

STOP

Era uma daquelas placas de ‘’ STOP’’ colocadas bem dentro do coração, na marca da vida que estava intacta, ela continuava parada não podia nem mesmo esperar. Algum tipo de paralisia que a impedia de fazer qualquer coisa senão ficar observando e se afogando em lembranças. No fundo ela mesma sabia que tinha sido a responsável por se permitir entrar naquele estado, mesmo entendendo que a falta de amor era a maior e cruel de todas as vilãs. Ela te obrigava a aprisionar as melhores lembranças dentro de você e relembra-las a cada segundo em uma infinita sessão de nostalgia e tortura. As cartas trocadas, as promessas de um futuro, a música que marcava, a rosa que foi entregue, a vontade de amar. Talvez essa mesma vontade tivesse se perdido entre o labirinto que eles próprios haviam criado um dia para se esconder, ou ela tenha sido amassada como as pétalas daquela mesma rosa esquecidas dentro de um livro. A verdade é que apenas desejava derrubar aquela placa, queria o simples, não queria nada em excesso, não queria uma mudança extraordinária, não desejava ser como o casal do outro lado do prédio que pareciam um só corpo e quase era impossível decifrar quem era quem. Por favor moço, coloca aqui no meu potinho somente a quantidade necessária para o amor voltar.

6 comentários:

  1. Que perfeito velho...
    Paarabéens :D:D

    ResponderExcluir
  2. Isso foi tão enigmático... Cheira como um desabafo...
    Talvez você tenha descoberto algo, talvez tenha encontrado uma resposta... Não sei.
    Só achei lindo que você (ou sua personagem) deseja apenas aquilo que move a vida, o amor. E nada mais que o necessário para que ele volte...
    Que saudades dos seus textos ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente um desabafo, tem horas que só escrever resolve né?
      Saudade de te ver por aqui *-*

      Excluir
  3. Oi o seu blog é muito lindo, to seguindo!
    Visita o meu blog também e se gostar me segue de volta!
    bjos

    http://rosemarylima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rosemary, vou dar uma passadinha por lá! ;)

      Excluir